terça-feira, 9 de fevereiro de 2010

Sua ausência

Escrevi esse texto pensando no meu avô, no que eu diria pra ele, e o que eu sinto apesar dos anos passarem.
____________________________________________________________________


Sua ausência

Quantas vezes me sinto triste, sozinha e desejo você aqui comigo, como costumava ser antes. Todos precisam de uma inspiração, de uma melodia quando os momentos de escuridão parecem ser longos, porque não existe garantia de que a vida é fácil, você me ensinou isso.

Quando meu mundo parece estar se despedaçando e eu não encontro nenhuma luz para quebrar o escuro que paira sobre mim, é quando eu lembro de você, e de como conseguia fazer eu me sentir salva e segura ao seu lado.

Me esquecer não foi uma escolha sua e eu sei disso, por mais difícil que tenha sido pra mim, me esquecer seria uma das ultimas coisas que você faria, porque quando você olhava para mim eu ainda sentia aquela inundação de amor preencher os espaços vazios da minha alma.

Você costumava me chamar de anjo e eu amava a forma como você se sentia tão forte, ainda sinto sua falta, como não sentiria?

Tudo que você me ensinou ainda tenho aqui guardado, e quero levar isso pra sempre pois é um dos meus maiores tesouros.
Você me amava do jeito que eu era... e isso secou todas as minhas lágrimas, mas como eu queria, como eu queria que você estivesse aqui comigo.

3 comentários:

Matheus Henrique Caligiuri disse...

Eu também amava muito meu avô e minha avó...Eles não eram tão presentes quanto seu avô deveria ser, mas eu entendo um pouco da sua dor :/
Por isso que temos que lembrar de amar as pessoas enquanto as temos, enquanto elas estão vivas, para depois que as perdermos, não nos arrependermos de não ter feito algo.

Thiago tedeschi disse...

Muito lindo isso q vc escreveu pro seu avô.. eu ainda tnhu meus avós .. e acho q num sei oq faria se não os tivessem .. eles estão velhinhos e sei q o tempo cada dia mais ta curto pra eles.. mais eu procuro aproveitar cada minuto q posso do lado deles.. Ju* sua inspiração me emocionou ! Bjos

Laurinha'Olivatto disse...

gostei da sua descarga de emoção e saudade jubs. Seu texto até despertou em mim aquela saudade vazia; aquela que sentimos de coisas ou pessoas que nunca conhecemos.