quinta-feira, 19 de abril de 2012

F#d@-se o cupido! (?!?)

Esta postagem é mais para compartilhar com vocês algo que me ocorreu hoje. Bom, estava eu em uma livraria lendo sinopses até que eu olho para um livro: "F#d@-se o cupido!" (sim, estava escrito dessa forma), e na rápida descrição dizia: "Guia de meninas atrevidas para pegar caras gatos". É...


É...

Não sei se eu que sou "careta" demais por ter ficado "espantada" por ver um livro desses, ou se...Ou se...Sei la.
Aí, após esse acontecimento, eu voltei para casa pensando em que coisas estariam escritas naquele livro, que deve ter umas 200 e poucas páginas, ao chegar em casa eu dei uma pesquisada e achei isso : "F#d@-se o cupido! foi escrito para ajudar essas mulheres, tornando-se um guia para quem cansou de esperar o cupido entrar em ação e resolveu assumir o controle de sua vida amorosa. Relatando seus muitos anos de paquera (incluindo as hilariantes tentativas frustradas), Samantha Scholfield revela as técnicas e estratégias que considera mais úteis para seduzir o pretendente escolhido, além de apresentar métodos infalíveis para iniciar uma conversa a qualquer momento e em qualquer lugar - sem o cara sequer reparar que está sendo cantado".

Não estou querendo dizer que o livro deve ser péssimo ou coisa do tipo, só que, na minha opinião, essa coisa de achar que porque uma pessoa fez tal coisa e deu certo vai dar certo pra qualquer uma, é muito sem noção, e isso me deixa um pouco nervosa, porque é tipo aquela coisa de que "todos os homens são iguais", a maioria das mulheres pensam isso, aí me vem alguém e escreve um livro desses, que é meio que uma super aparente afirmação de que como todos os homens são iguais é só as mulheres começarem a fazer "tais coisas" e PRONTO, qualquer cara vai "cair nessas", desculpa mas, nesse caso, não seria as mulheres sendo todas iguais? (é, eu sei que generalizei um pouquinho, mas isso serve só pra quem pensa assim, ok?). E aquela coisa toda de que devemos ser nós mesmos? Porque parece que cada vez mais os homens e as mulheres ficam na neura achando que tem um guia do que deve ser feito para conseguir "pegar alguém" que acabam se esquecendo de agir como realmente são... Eu acho que o erro já começa aí, com essa de "pegar alguém", e depois ainda querem ter um bom relacionamento. Se você é uma dessas pessoas que pensa assim, me diz, como você pensa em ter um bom relacionamento com alguém se baseando em como outra pessoa encara o significado de "bom relacionamento"?

Não fiquem pensando que eu estou revoltada, quem me conhece sabe que eu ABOMINO isso de achar que relacionamentos (qualquer tipo de relacionamento) acontecem sempre da mesma forma, que tem regras a serem seguidas para fazer tudo dar certo, que você deve fazer "isso, isso e isso" para fazer alguém gostar de você, ou que "os homens são todos iguais".

Me perdoem se encontraram algum erro de concordância ou na escrita, eu não vou ler tudo isso que eu escrevi de novo para encontrá-los.

Um comentário:

Laaiah disse...

HAUAHUAHAUAHAUAHUH Também vi esse livro na Sideral... que piada! Livros que falam sobre como uma mulher faz para deixar um homem no chinelo e conseguir tudo o que quer com certeza não faltam! hauahauah