segunda-feira, 6 de agosto de 2012

Diga, sinta, faça, arrisque...


  “Se está bravo com alguém e ninguém faz alguma coisa para consertar a situacão… conserte você. Talvez hoje, aquela pessoa ainda queira ser seu amigo, e se você não consertar isto logo, talvez amanhã seja muito tarde. Se está apaixonado por alguém, mas a pessoa não sabe…diga a ela. Talvez hoje, aquela pessoa também esteja apaixonado por você e se você não falar isto hoje, talvez amanhã seja muito tarde. Se você morre de desejos de dar um beijo em alguém… então dê. Talvez essa pessoa também queira seu beijo, se você não der isto a ela hoje, talvez amanhã seja muito tarde. Se você ama alguém e acha que esse alguém lhe esqueceu…entao diga a ele. Talvez essa pessoa sempre o tenha amado e se você não lhe disser isso hoje, talvez amanhã seja muito tarde. Se você precisa de um abraço de um amigo… você deve lhe pedir. Talvez ele precise disso mais que você, e se você não lhe pedir hoje, amanhã pode ser muito tarde. Se você realmente tem amigos, aos quais aprecia… conte isto a eles. Talvez eles também o apreciem, e se eles partem ou vão embora, talvez amanhã seja muito tarde.

(Amanhã pode ser tarde)  


  Ultimamente ando agindo assim e confesso que estou achando bem melhor do que guardar tudo sempre pra mim como costumava fazer, a maioria das pessoas não costumam pensar nisso de que amanhã pode ser tarde demais e deixam de fazer certas coisas por medo, orgulho ou qualquer outro sentimento... Pode ser que algumas vezes as nossas ações não nos traga o resultado que queríamos, mas entre ficar na dúvida e arriscar eu estou preferindo arriscar, pelo menos eu matei minha vontade.


  “E” e “se” são duas palavras tão inofensivas quanto qualquer palavra, mas coloque-as juntas, lado a lado, e elas têm o poder de assombrá-la pelo resto da sua vida. “E se”… E se? E se?

(Cartas para Julieta)

2 comentários:

Anônimo disse...

Arrisar...fazer a minha vontade...Puta que me parola, eu preciso tentar né? Ta difícil sair da mesma situação...

Laaiah disse...

Sempre digo, mas não custa reforçar? SEU BLOG TÁ UMA GRACINHA, JUBS!