quarta-feira, 10 de julho de 2013

 Em algum momento da sua vida, provavelmente quando tudo isso passar (e o "tudo isso" a que me refiro você sabe melhor do que eu o que é)… você vai abrir seus olhos e ver quem você realmente é.
Eu prefiro acreditar nisso, mas tem horas em que eu penso que na verdade, bem no fundo, todos nós sabemos quem somos, o que queremos ser, o que esperamos da vida, o que queremos fazer... O que nos impede de olhar pra nós mesmos com certeza talvez seja o medo, o medo do que seria da nossa vida ao assumir tudo "isso" que se encontra dentro de nós.
 Por que muitos de nós deixamos nossos sonhos de quando éramos crianças morrerem? Por que a cada ano que passa parece mais difícil acreditar que é possível viver fazendo aquilo que gostamos? Por que muitos nos fazem acreditar que o dinheiro é mais precioso do que o tempo? Por que chamam as pessoas que fazem o que amam de loucas quando elas não conseguem muito dinheiro com isso?
 Talvez muitas dessas pessoas que "julgam" quem conseguiu perceber a tempo quem é e assumiu viver da forma que o deixa feliz, sejam as mesmas pessoas que ao encostar a cabeça no travesseiro de noite, choram ou lamentam por não ter a coragem de enfrentar as barreiras e fazer o que essas pessoas "loucas" fazem. 
 Qual é a hora certa pra se enxergar como realmente é, e fazer com que todos vejam isso também? Cada um tem a sua hora, cada um sabe como fazer isso, em que momento da vida fazer isso. Nem todos conseguem, mas o importante é que ainda existem os que tentam, e eu só sei que eu quero tentar, algum dia.

Um comentário:

Laura Olivatto disse...

Fascinante. Real. Tocante. Nada mais a dizer.